BIOCOURO

A INOVAÇÃO EM PELE ECOLÓGICAS

BIOCOURO

Estamos numa época em que a reutilização ou reciclagem dos produtos, são factores de primordial importância para a nossa sociedade.

 

 

Mais informações

 

 

PORQUÊ O COURO?

É um produto natural

Não absorve o pó

É elástico e durável

Adapta-se à temperatura e humidade ambiente.

É íntimo, sensual

Tem um aroma quente e natural

É benéfico para a saúde

É um produto nobre

É insubstituível

 

 

GALERIA DE FOTOS

 

A empresa Curtumes Aveneda, Lda. nasceu a 18 de Fevereiro de 1998 e tem como objecto a “Indústria de Curtimenta e Acabamento de Peles sem Pêlo”. Em termos de produção, deu continuidade à empresa Curtumes Miguel Branco, Lda. (que já existia desde Janeiro de 1980) a qual passou a ter apenas uma actividade comercial e é actualmente sua associada.

Tem nesta data 42 funcionários, um capital social de 333.000,00€ e tem uma capacidade de produção de cerca de 20.000m2/mês. Tem de área coberta, fabril e de armazenagem cerca de 4.000m2 e de área descoberta cerca de 17.000m2. Tem uma pequena participação no capital do CTIC (Centro Tecnológico da Indústria do Couro) e do CTCP (Centro Tecnológico do Calçado de Portugal).

A Curtumes Aveneda sempre se dedicou à produção de artigos de média e alta qualidade para a indústria do calçado e de marroquinaria. Cerca de 20% da sua produção destina-se ao mercado interno, destinando-se a maior parte à exportação para países como França, China, Alemanha e Espanha.

A elevada qualidade técnica dos seus recursos humanos e a participação em variados projectos de I&DT, bem como a actualização permanente dos seus processos de fabrico, permitem-lhe manter-se na linha da frente no que respeita ao lançamento de produtos inovadores amigos do ambiente e de elevado valor acrescentado, onde se destacam o couro ecológico e o metal-free (BIOCOURO), bem como artigos waterproof, artigos em couro lavável, etc.

As preocupações ambientais tiveram sempre um lugar de destaque nas prioridades desta empresa. Para tratamento dos seus efluentes líquidos construiu uma ETAR (química e biológica) que respeita os mais elevados padrões de qualidade. Parte dos seus resíduos sólidos (através de um processo de compostagem) são utilizados como fertilizante agrícola, sendo que, apenas uma pequena parte é encaminhada para aterro. Ao nível dos efluentes gasosos, todas as fontes emissoras são equipadas com sistemas de lavagem dos gases e devidamente monitorizadas. A nível energético a empresa fez recentemente diversos investimentos, onde se destaca o reestruturação do layout da parte da produção, a substituição do seu sistema de iluminação (passando a utilizar apenas lâmpadas de baixo consumo) e a instalação de um sistema de 70 painéis solares para aquecimento da água que utiliza no seu processo de fabrico.

ces037.jpg

CROUTE ESTAMPADOS

  

 

nrk002.jpg

NUBUCK KRAQUELLE

  

 

abi006.jpg

ANILINAS BIOCOURO